Quem revisa amigo é….

Quem revisa amigo é….

Se ser avaliado é uma situação difícil para o aluno, receber a devolutiva da prova pode ser igualmente desconfortável.

Será que é possível revisar uma prova para que o ciclo de evolução se mantenha ativo no processo de aprendizagem?

Uma prova nada mais é do que uma sondagem do que o estudante consegue fazer em determinado momento e ambiente, e as respostas no papel são produtos de seu comportamento. Essas respostas escritas nem sempre mostram tudo que o estudante fez para chegar a elas, como ler o enunciado, aplicar uma sequência lógica de passos de resolução, lembrar-se do que estudou, organizar-se no tempo de prova, entre outros.  Além disso, cada questão da prova costuma avaliar algo diferente, o que significa que apenas a nota final não reflete todas as diferentes facetas do desempenho do estudante. Logo, um verdadeiro aproveitamento da avaliação deveria incluir uma análise detalhada de cada item. 

Mas como fazer isso?
O ideal é envolver os próprios estudantes na análise da prova, dando-lhes a oportunidade de refletir sobre como abordaram cada questão, de identificar seus pontos fracos e fortes e de  corrigir seus próprios erros.Dessa forma, tornam-se agentes ativos do próprio aprendizado.

Por outro lado, se revisar a prova é sempre acompanhado por broncas ou mensagens de como o aluno deveria ter acertado, a experiência se torna aversiva, diminuindo o valor educacional da atividade, fazendo com que ele queira fugir da situação e não aprenda com a revisão da prova.

Ao revisar uma prova, pode se detectar sinais de desempenho que muitas vezes a nota sozinha não revela: 👇

🎯 Interpretação de enunciado: Às vezes, no momento em que a prova foi aplicada, o aluno estava ansioso, leu o texto sem atenção, acabou chutando a resposta ou realmente não sabia o conteúdo.
🎯Respostas dissertativas:  O estudante conseguiu organizar suas ideias em um texto coerente? Ficou completa? Conseguiria explicar melhor oralmente do que por escrito ou realmente não sabia o que responder?
🎯Questão de múltipla escolha: O estudante pode ter deixado de ler cada alternativa com cuidado,  pode ter caído em pegadinhas.
🎯  Respostas em branco:  O estudante deixou de responder alguma questão? Foi por falta de tempo ou nem viu sentido em tentar?
🎯Estratégias de prova: O estudante tinha alguma estratégia sobre como completar a prova? Fez as questões em sequência ou começou pelas mais fáceis? Soube administrar seu tempo e teve tempo de revisar as respostas no final?


Portanto, é importante estar junto com o aluno e olhar atentamente além da nota, norteando em conjunto as ações a serem tomadas.
E se o resultado foi uma nota baixa? Calma! Que já tem um artigo escrito especialmente para esse tema, acesse → https://bit.ly/3OdJJnW

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com quem possa se interessar! 🤩

Deixe uma resposta